Total Pageviews

There was an error in this gadget

Saturday, November 28, 2009

"Capoeira": as Origens Angolanas

Um documentário brasileiro vai contar a história e destacar a importância da capoeira tradicional antiga que veio para o Brasil com os escravos africanos.

"Paz no Mundo Camará: a Capoeira Angola e a Volta que o Mundo Dá" é o nome da produção de 55 minutos que ficará pronta em 2010.

O projeto é baseado em uma ampla pesquisa desenvolvida nos estados brasileiros de Minas Gerais, Rio de Janeiro, Bahia, Pernambuco e Alagoas.

A produção mostra como a visão dos brasileiros sobre a Capoeira Angola evoluiu ao longo do tempo. A prática foi o primeiro crime instituído no Brasil no período da República e levou muitos capoeiristas para a prisão. Hoje, no entanto, é vista no país e no mundo como um instrumento de inclusão social e símbolo da paz.

Para um dos idealizadores do projeto, o presidente da Associação Cultural Eu Sou Angoleiro, Mestre João, a Capoeira Angola, como registra o filme, conquistou esta importância por ter resistido às tentativas de destruição por parte do colonizador.

"Os nossos ancestrais conseguiram manter íntegro o conhecimento corporal, musical, percussivo e rítmico que desperta a memória genética e que trabalha com conceitos de solidariedade, negociação de conflito, integração cósmica e autoconhecimento", afirma.

A diretora executiva do documentário, Carem Abreu, explica que o filme fará um resgate da história e da importância da capoeira para a cultura brasileira.

"O documentário mostra que a capoeira não é só um movimento de corpo é um movimento social e pessoal. A capoeira é cultura, é história, é inclusão social. Os três temas são tratados no documentário".

A produção "Paz no Mundo Camará: a Capoeira Angola e a Volta que o Mundo Dá", será veiculada em festivais e mostras de cinema no Brasil e no mundo.

Também serão produzidas cópias do produto para distribuição em escolas públicas brasileiras. A idéia é usar o filme como material didático para o cumprimento da lei 10.639, que prevê ensino da história e cultura africana nas instituições públicas de ensino, mas que até hoje não é cumprida de fato no Brasil.

Mestre João lembra que apoiar a educação é um dos grandes objetivos da Capoeira Angola. "A capoeira regional, que é a vertente mais acrobática, marcial e mercadológica da prática, tem o sonho de ir para as Olimpíadas. Já a Capoeira Angola, tem a preocupação com o meio educacional, principalmente, com a escola pública onde está o negro de baixa renda".

Carem Abreu afirma que, além de ajudar na educação nas escolas, o documentário tem o propósito de lembrar a sociedade brasileira da importância de suas raízes africanas.

"Este projeto tem o objetivo de mostrar que a cultura negra está enraizada em cada movimento que fazemos. É o movimento do samba e de como nos posicionamos no mundo. Queremos mostrar o valor desta cultura, da resistência de um povo que sabe ser maleável e feliz nas piores dificuldades", declara.

"Paz no Mundo Camará: a Capoeira Angola e a Volta que o mundo Dá", além de ser nome do documentário é a denominação de um projeto mais amplo desenvolvido no Brasil. Neste mês de novembro estão sendo lançados também, dentro desse projeto, a revista "Angoleiro é o que Eu Sou" e o sitewww.eusouangoleiro.org.br

No comments: