Total Pageviews

There was an error in this gadget

Sunday, January 31, 2010

Isabel dos Santos ganha 6,8 milhões de euros com posição no BPI


A empresária angolana, que detém uma participação de 9,7% no Banco Português de Investimento, é um dos beneficiários dos lucros somados pelo BPI em 2009.
Jorge Horta
Empresária angolana é terceiro maior accionista do BPI.
Lisboa - O Banco Português de Investimento (BPI) fechou 2009 com lucros de 175 milhões de euros, mais 16,5% que no ano anterior. Após este resultado, o conselho de administração do BPI irá propor na assembleia geral a distribuição de 40% desse lucro aos accionistas, com um dividendo de 0,078 euros por acção.

Para a "holding" angolana Santoro, controlada por Isabel dos Santos, esta proposta representará um ganho de 6,8 milhões de euros, de acordo com as contas do 
África 21 Digital. Isabel dos Santos, por via da Santoro, detém 9,7% do capital do BPI, sendo o terceiro maior accionista, atrás do banco espanhol La Caixa (30,1%) e do brasileiro Itaú (18,9%).

Apesar do crescimento de 2009, a administração do BPI lembra que o resultado fica ainda distante dos 355 milhões de euros ganhos há três anos. "Muito embora o lucro de 2009 apresente uma evolução positiva relativamente ao obtido em 2008, é ainda significativamente inferior ao lucro do exercício de 2007", assinala o BPI.

A actividade de banca comercial em Portugal contribuiu com 85,7 milhões de euros para o lucro líquido consolidado de 2009 e a respectiva rentabilidade do capital próprio médio ascendeu a 5%. A actividade de banca de investimento contribuiu com um milhão de euros (ROE de 3,7%), enquanto o contributo das participações financeiras foi negativo em 1,2 milhões de euros.

A actividade internacional, pelo seu lado, contribuiu com 89,6 milhões de euros, sendo que, com a venda de uma participação minoritária em dezembro de 2008, a apropriação do lucro do BFA pelo BPI baixou de 100% para 50,1%. A rentabilidade do capital próprio médio afecto à actividade internacional situou-se em 39,5% em 2009.

O BPI registou no ano passado uma subida ligeira dos recursos totais de clientes (0,6%), tendo a carteira de crédito a clientes subido 2%. O produto bancário consolidado do BPI diminuiu 1,4% no mesmo período. A margem financeira do banco português caiu 8,7% e as comissões aumentaram 1,9%.

No comments: