Total Pageviews

There was an error in this gadget

Monday, December 06, 2010

Padre Raúl Tati

O estado de saúde do Padre Raúl Tati é grave. O activista dos Direitos Humanos sob detenção na Unidade Penitenciária do Yabi (UPY) perdeu o peso e tem o quadro cardíaco complicado.
Familiares e amigos do Padre queixaram-se das péssimas condições sanitárias e das regras apertadas nas visitas e na entrada de comida naquele estabelecimento prisional, o que leva a mostrarem-se preocupados pelo estado de saúde do Padre.
Esta manhã, uma das irmãs do ex-Vigário Gerald a Diocese de Cabinda, disse que o estado de saúde do seu irmão é bastante preocupante.
"Ainda não pude estar com ele porque foi colocado em cela sem visitas, mas os outros recluosos contaram-me que ele não consegue pôr-se de pé e tem a tensão baixa. O rosto está pálido e perdeu tanto peso que não consegue levantar-se", revelou a irmã.
Recorde-se, que o ex-Vigáio Geral a diocese de Cabinda foi detido no dia 16 de Janeiro e conduzido para as celas da DPIC-Cabinda, onde as condições de detenção não correspondem às mínimas exigências de higiene.
Colocado em celas com urina, feses e sem cama, Raúl Tati ficou sob detenção na DPIC-Cabinda durante três dias, maltratado e pessimamente alimentado.
Hoje, o Padre tem a saúde debilitada no estabelecimento prisional do Yabi. Tudo deixa crer que o seu estado de saúde reclama por internamento. Até hoje o recluso ainda não recebeu qualquer visita médica.
Entretanto, está programada uma visita médica independente ao Padre esta tarde. Por outro lado, os familiars reclamam pelo menos uma visita de meia hora entre as irmãs. Resta saber se o Director da Unidade Penitenciária do Yabi vai autorizar estas visitas.
NL

No comments: