Total Pageviews

There was an error in this gadget

Monday, December 19, 2011

Vaticano: Papa abre caminho à canonização de primeira santa indígena norte-americana Bento XVI aprovou decretos relativos a 12 milagres e reconheceu 65 mártires da Guerra Civil Espanhola


D.R.
Cidade do Vaticano, 19 dez 2011 (Ecclesia) – Bento XVI aprovou hoje a publicação do decreto que reconhece um milagre atribuído à primeira beata indígena norte-americana, Kateri Tekakwitha, nascida em 1656 e falecida em 1680, no Canadá.
A futura santa, nascida na localidade dos EUA hoje denominada Auriesville, foi beatificada por João Paulo II em junho de 1980.
O decreto é um dos sete relativos a milagres de beatos hoje promulgados pela Congregação para as Causas dos Santos, a que se juntam outros cinco de futuros beatos, incluindo o padre italiano Luigi Novarese (1914-1984), fundador da Pia União dos Silenciosos Operários da Cruz.
O Papa aprovou ainda os decretos ao martírio de 66 católicos, 65 dos quais assassinados entre 1936 e 1937, durante a Guerra Civil Espanhola.
Sete católicos foram declarados “veneráveis”, ficando com o seu processo de beatificação fica muito próximo da conclusão.
Nesta lista figuram padres, religiosos, religiosas e cinco leigos, sobretudo da Europa.
O processo para a canonização tem uma primeira etapa na diocese em que faleceu o fiel católico e uma segunda etapa tem lugar em Roma, onde se examina toda a documentação enviada pelo bispo diocesano.
Qualquer católico ou grupo de fiéis pode iniciar o processo, através de um postulador, constituído mediante mandato de procuração e aprovado pelo bispo local.
Após exame da documentação efectuada pelos teólogos e especialistas, compete ao Papa declarar a heroicidade das virtudes, a autenticidade dos milagres, a beatificação e a canonização.
OC

No comments: